Canto Alumiar - Terapias e Artes

Rua Doutor Fernando Studart, 212, Pituba, Salvador, Bahia

Fones: (71) 9 86325727 (whatsApp) / (71) 3240 7567

Email: cantoalumiar@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Google ícone social Places

 © 2018 Criado por Susan Gumes. Todos os direitos reservados ao Espaço Canto Alumiar

MUSICOTERAPIA INFANTIL

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS

Leonardo da Cunha

Patrícia Hita

Ricardo Romanha

Terapia realizada por musicoterapeutas qualificados, indicada para crianças em qualquer faixa etária, logo a partir do nascimento. A musicoterapia infantil pode ser preventiva ou realizada como tratamento na reabilitação motora ou cognitiva, obtendo respostas bastante significativas em crianças no espectro autista, com lesões cerebrais e síndromes diversas. 

Dispondo da estimulação sensorial, das atividades musicais como recurso de comunicação e ampliação de discurso, e da reabilitação através do ambiente lúdico favorecido pelo contexto musical com técnicas e abordagens musicoterápicas.

MUSICOTERAPIA PARA JOVENS E ADULTOS

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS

Leonardo da Cunha

Susan Gumes

Patrícia Hita

Ricardo Romanha

Intervenções musicoterapêuticas realizadas por profissionais qualificados, aplicadas em jovens e adultos como medida de prevenção, na reabilitação, na  promoção da saúde mental e tratamento de problemas psíquicos, somáticos e psicoemocionais.

MUSICOTERAPIA EM GERONTOLOGIA

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS

Susan Gumes

Ricardo Romanha

 

A contribuição da musicoterapia em gerontologia é bastante significativa. A investigação da identidade sonora e da experiência musical individual de pacientes idosos, permite uma estimulação neurológica eficaz atingindo o núcleo de memória afetiva quando, a cada escuta da melodia familiar, lembranças e emoções relativas àquelas experiências são despertadas. As respostas ao estímulo sonoro e musical despertam o organismo como um todo, desde respostas emocionais à estimulação de imagens e reminiscências, traduzindo-se em vivacidade e energia. Estudos demonstram que, mesmo que a capacidade das pessoas com deficiência de memória em processar muitos tipos de informação tenham sido perdidas, a resposta emocional às músicas familiares são quase espontâneas¹. Portanto, a musicoterapia é uma ferramenta importante para devolver momentos de vida escondidos pela incapacidade do organismo em responder a outros estímulos.

Aplicações vibroacústicas, por sua vez, possuem efeito direto sobre problemas comuns ao envelhecimento melhorando a amplitude de movimentos, trazendo o alívio das dores, o equilíbrio do sistema nervoso e a diminuição da pressão arterial, além de estimular as funções cognitivas. Tais aplicações possibilitam o relaxamento e bem estar geral, traduzindo em sensação de cuidado e atenção plena, além de minimizar a carência de toque da escuta profunda.

No nosso trabalho, aliados às técnicas de musicoterapia, são utilizados recursos criativos e expressivos arteterapêuticos, incluindo as danças circulares, dinâmicas psicomotoras, artes manuais e escrita criativa.

 ¹Tomaino, Concetta M. Musicoterapia Neurológica: evocando as vozes do silêncio, EST, 2014.

Realizamos atendimentos individuais e contamos com atividades em grupo através do Grupo Criatividade - Grupo de Expressão e Convivência.

MUSICOTERAPIA EM GRUPO

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS

Leonardo da Cunha

Patrícia Hita

Susan Gumes

Ricardo Romanha

A musicoterapia em grupo é uma prática enriquecedora que permite a interação e trocas significativas entre seus participantes. 

No Canto Alumiar contamos com práticas musicoterapêuticas grupais para pessoas com transtornos mentais ou com sofrimentos psíquicos intensos com o musicoterapeuta e psicólogo Leonardo da Cunha; para pessoas com sofrimentos psíquicos, dificuldades de aprendizagem, deficiência mental e/ou motora com o psicanalista e musicoterapeuta Ricardo Romanha; para o público interessado em desenvolver seu potencial através do Cantar Essencial da musicoterapeuta Patrícia Hita; e direcionadas à idosos com os musicoterapeutas Susan Gumes e Ricardo Romanha.

SUPERVISÃO EM MUSICOTERAPIA

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS

Leonardo da Cunha

Susan Gumes

Ricardo Romanha

A supervisão individual em musicoterapia objetiva apoiar os profissionais na sua atividade clínica com crianças, jovens e adultos. Oportuniza o enriquecimento da prática através da troca de experiências, fornece recursos para o desenvolvimento do raciocínio clínico, cria um espaço de segurança que suporta e orienta o profissional perante as questões psicoemocionais advindas da prática, propicia a aquisição de referencial teórico e conhecimento técnico, além de desenvolver estratégias de atendimento.

O Canto Alumiar conta com os profissionais Leonardo da Cunha e Ricardo Romanha que supervisionam abordagens musicoterapêuticas com ênfase na psicanálise ou em métodos convencionais em musicoterapia para crianças, jovens e adultos; e com a profissional Susan Gumes que possui um enfoque nas abordagens musicoterapêuticas vibroacústicas e de orientação psicossomática, direcionadas à clínica de adultos.

MUSICOTERAPIA DIDÁTICA

PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS

Ricardo Romanha

Susan Gumes

Benenzon designa por Musicoterapia Didática o treino metodológico que permite: a capacidade de utilizar todos os elementos de um contexto não-verbal e as expressões corporo-sonoro-musicais de forma adequada; a manipulação e a criação de instrumentos sonoro-musicais; o reconhecimento das próprias identidades sonoras (ISOS)  e dos objetos intermediários pessoais; a possibilidade de entrar e de sair de estados regressivos; a capacidade de descobrir sensações transferenciais e contra-transferenciais; a adaptação técnica do sistema metodológico do modelo para as distintas alternativas terapêuticas, e ainda, o uso dos protocolos. 

Please reload